• Área do Utente 

    Fechar

    Enviar Para recuperar a password
    insira o seu e-mail.
    Email

    Enviar Para reenviar o código de
    activação insira o seu e-mail.
UTC Transportes
Sistemas Sem Contacto

Como complemento desta rede organizada, o Grupo UTC possui um sistema de leitura de cartões denominado por “Sistema Sem Contacto”. Este Sistema baseia-se em cartões com um dispositivo interno que, tal como o nome indica, a máquina lê, sem contacto, permitindo, ou não, que o cliente viaje. Dada a sua fragilidade, cada cartão deverá ser sempre muito bem conservado, não podendo ser dobrado ou vincado, pois a antena interna que o constituí pode partir, deixando assim o sistema de funcionar. Este facto é de extrema importância, pois caso se detecte que um cartão deixou de funcionar por motivos que se prendam com a sua utilização indevida, a UTC apenas o substituirá mediante o pagamento de um novo.

COMO FUNCIONA

O cliente deverá aproximar calmamente o cartão do leitor (conforme na imagem) e aguardar o aviso visual e sonoro. Se acender uma luz verde e o aviso sonoro for único, está tudo bem e pode viajar. Se acender uma luz vermelha e o aviso sonoro for repetido, então existe uma anomalia qualquer. Nesta situação, o passageiro terá que pagar bilhete e dirigir-se posteriormente à sede da UTC, para que se detecte o problema. Caso este tenha sido da responsabilidade da empresa, o cliente será reembolsado do valor do bilhete que pagou.

Poderá, também, acontecer que o cartão não dê sequer sinal, significando isto que o passe está inválido. Nesse caso, o motorista terá que verificar o comprovativo (que deverá sempre acompanhar o passe) para averiguar se o passe foi, ou não, pago no respectivo mês. Se tiver sido pago, o cliente poderá viajar, contudo o motorista anotará no comprovativo a data em que o passe estava inválido, tendo o cliente 4 dias para se dirigir à sede da empresa e substituir o referido cartão, sem qualquer custo.



CUIDADOS A TER

1- COM TODOS OS TIPOS DE CARTÔES “SEM CONTACTO”

- Guardar o cartão numa bolsa própria, de preferência juntamente com o comprovativo mensal.
- Não guardar com este cartão, qualquer outro cartão. Se o fizer, pode comprometer a sua leitura por parte da máquina, ao causar interferência com o sistema.
- Não dobrar, vincar ou maltratar, de qualquer forma, o cartão.
- Nunca juntar o recibo do pagamento com o passe e o comprovativo mensal, pois caso perca ou lhe seja roubado o passe, necessitará de apresentar o recibo para que uma 2ª via possa ser emitida.

2- COM OS CARTÕES DE ESTUDANTE (E)

- Ter especial atenção com a primeira apresentação do cartão no primeiro dia do mês, pois nesse dia o cartão deve ser apresentado e mantido imóvel junto ao leitor, até que saia o COMPROVATIVO do mês. Só após este procedimento se deverá retirar o cartão.
- Se não se tiver este cuidado, o sistema pode não conseguir gravar no cartão toda a informação necessária, ficando a operação incompleta, dando origem a um passe, aparentemente, inválido.
 
3- PRÉ COMPRADOS

- Na validação (processo semelhante a dos outros cartões), o utente rece­berá um bilhete onde constará a zona onde entrou e o nº de viagens que ainda lhe restam utilizar. Este bilhete deverá ser conservado até ao final da viagem e apresentado ao motorista e/ou fiscal sempre que solicitado.
- No caso em que o pretenda utilizar em simultâneo para vários passageiros terá de avisar o motorista antes de proceder à validação.

4- LIVRE-TRÂNSITO

- Estes cartões têm a validade máxima de um ano, civil ou escolar, permitindo ao utente viajar sem limitação, no percurso definido.
- Deverão ser renovados sempre 30 dias antes da data do seu término.

5- FISCALIZAÇÃO

- A fiscalização, face ao sistema, é efectuada por 2 fiscais, em simultâneo, que solicitam o título de transporte, verificando a sua validade de forma electrónica.
- Em caso de infracção, identificam o passageiro e emitem a respectiva multa. Os fiscais da Empresa estão devidamente fardados e identificados.